Futebol Nacional

Veja dez brasileiros que estão no exterior e podem ser reforço para seu time em 2017

Na Europa, na China e no Oriente Médio têm gente que pode voltar

Por: Redação PLACAR

Luis Fabiano não está mais em clube chinês| Daniel Vorley/AGIF
Luis Fabiano não está mais em clube chinês | Crédito: Daniel Vorley/AGIF

O fim do ano está chegando e, junto dele, os rumores de reforços para os clubes brasileiros. Para ajudar a refrescar a memória do torcedor, PLACAR fez uma lista com dez jogadores que podem reforçar seu clube na próxima temporada.

Vejam os dez nomes

LUIS FABIANO

Artilheiro nos tempos de São Paulo, disputou a segunda divisão chinesa nesta temporada, foi artilheiro e ajudou o time a conseguir o acesso. Ganhou um bom dinheiro com o contrato firmado, mas o encerrou no fim deste ano. O Vasco é um dos clubes interessados em repatriar o jogador, mas as chances de ficar na China são grandes.


Daniel Vorley/AGIF

GEUVÂNIO

Foi para o mesmo clube de Luis Fabiano, conseguiu o acesso, mas está insatisfeito lá. Pode ser que isso mude, mas caso contrário, seria bom reforço para todos os clubes brasileiros. Contudo, os altos valores para trazê-lo, podem afastá-lo do futebol brasileiro.


Daniel Vorley/AGIF

NILMAR

Está no Al-Nasr, dos Emirados Árabes Unidos, desde 2015 e pode retornar ao futebol brasileiro em 2016. O São Paulo é clube interessadíssimo no jogador, que tem contrato até o meio do próximo ano com o clube do Oriente Médio.


Raul Pereira/AGIF

LUIZ GUSTAVO

Ex-volante da Seleção Brasileira, está no Wolfsburg desde 2013, mas tornou-se reserva neste ano. Ainda tem sonhos de jogar em outros lugares da Europa, mas seu tempo lá pode estar terminando. Cairia bem como reforço em qualquer clube brasileiro.


Francesco Pecoraro/Getty Images

ÉVERTON RIBEIRO

Craque do Brasileiro em 2013 e 2014, Éverton Ribeiro está no Al-Ahli, dos Emirados Árabes Unidos, desde 2015. Com 27 anos, tem contrato com o clube asiático até janeiro de 2019 e negou retornar para o Brasil em 2017. Contudo, Palmeiras, São Paulo e Flamengo procuraram o jogador, que ainda tem o sonho de ir para o futebol europeu. Contudo, caso não haja espaço lá, voltar para o Brasil seria uma possibilidade.


Buda Mendes/Getty Images

FELIPE MELO

Na Europa desde 2005, virou reserva da Internazionale nesta temporada, aos 33 anos. O volante fez apenas cinco jogos pelo clube italiano, com apenas 20 minutos na Liga Italiana. Era cotado para deixar a Inter já no começo da temporada, mas isso pode acontecer no fim do ano. São Paulo e Flamengo já manifestaram interesse pelo jogador.


Valerio Pennicino/Getty Images

MAICON

Aos 35 anos, está sem clube desde que deixou a Roma, no fim da última temporada. Com carência de laterais-direitos por todo o Brasil, o jogador cairia como uma luva para reforçar qualquer clube no país.


Paolo Bruno/Getty Images

LUISÃO

Zagueiro do Benfica desde 2003, é ídolo no clube, mas virou reserva na equipe. Tem 35 anos e ainda é importante na equipe portuguesa. Mas, por ser reserva, pode ser procurado por clubes brasileiros. No meio deste ano, o Cruzeiro tentou repatriar o jogador, que, de acordo com a imprensa portuguesa, quer encerrar sua carreira no clube português.


Carlos Rodrigues/Getty Images

THIAGO NEVES

Atualmente está sem clube. Defendeu o Al-Jazira, dos Emirados Árabes Unidos, neste ano. Está no Oriente Médio desde 2013, e afirmou que não voltaria ao Brasil em maio. Contudo, agora, sem clube, o futebol brasileiro pode ser o destino do meia.


Brendon Thorne/Getty Images

BERNARD

Menino de “Alegria nas Pernas”, como diria Felipão, está no Shakhtar Donetsk desde 2013, quando deixou o Atlético-MG. Foi procurado por clubes como Palmeiras e Flamengo, mas voltou a ganhar espaço no clube ucraniano com chegada de novo técnico. Já fez 17 gols nesta temporada, com três gols. Contudo, uma boa proposta pode facilitar seu retorno.


David Ramos/Getty Images

Fonte: Redação PLACAR