Revista Placar

Durante o nazismo, Rapid Viena, equipe austríaca, foi campeão alemão

Áustria foi anexada à Alemanha durante o período de Guerra

Por: Redação PLACAR

O nazismo também mudou a geografia do futebol| Keystone/Getty Images
O nazismo também mudou a geografia do futebol | Crédito: Keystone/Getty Images
Anschluss, que em alemão significa anexação, entrou para a história como a palavra que define um dos mais marcantes fatos da Segunda Guerra Mundial, a anexação do território austríaco por parte da Alemanha nazista, oficializada em 13 de março de 1938.

Além das inúmeras implicações no campo político, tal fato impactou de forma direta o futebol nesses países. Ainda naquele ano, sob a mesma bandeira, a alemã, austríacos e alemães participaram da Copa do Mundo disputada na França. Foram eliminados ainda na primeira partida frente aos suíços. Já a seleção austríaca, uma das melhores da Europa, comandada por Mattias Sindelar, o ‘homem de papel’, e que tinha até jogo marcado frente à seleção sueca pelo torneio, em 5 de junho, deixou de existir. Sua última partida, vitória contra os alemães por 2 a 0, acontecera em 3 de abril. Ainda em 1938, as equipes austríacas começaram a participar das competições do futebol alemão, sendo que coube ao Rapid Viena, da Áustria, logo na temporada de estreia, conquistar a Copa da Alemanha. 

No ano seguinte, em 1939, outra equipe austríaca, o Admira Wacker, surpreendeu ao chegar à final do Campeonato Alemão, quando foi derrotada por 9 a 0 para o Schalke 04. O feito mais incrível, no entanto, aconteceu em 22 de junho de 1941, no estádio Olímpico de Berlim repleto com quase 100 mil pessoas, quando o Rapid Viena, após estar perdendo por 3 a 0, para o Schalke 04, equipe atual bicampeã alemã e que contava com a simpatia do ditador Adolf Hitler, virou, de forma incrível, em menos de 12 minutos, o placar para 4 a 3, e conquistou o título do Campeonato Alemão, o único de uma equipe austríaca. 

A grande estrela da final foi o centroavante Franz Binder, atleta que defendeu a seleção dos dois países, que marcou três gols. Naquele mesmo dia, os olhos do Führer estavam voltados para outro campo. O exército alemão invadira a União Soviética, um grande passo dado e, que futuramente, acabaria por se tornar decisivo na definição da Segunda Guerra Mundial.

Fonte: Redação PLACAR